sábado, 17 de novembro de 2012

Resenha: A Casa das Orquídeas

Autor: Lucinda Riley
Edição: 1
Editora: Novo Conceito
Ano: 2012
Páginas: 560
Sinopse: Quando criança, a pianista Júlia Forrester passava seu tempo na estufa da propriedade de Wharton Park, onde flores exóticas cultivadas pelo seu avô nasciam e morriam com as estações. Agora, recuperando-se de uma tragédia na família, ela busca mais uma vez o conforto de Wharton Park, recém-herdada por Kit Crawford, um homem carismático que também tem uma história triste. No entanto, quando um antigo diário é encontrado durante uma reforma, os dois procuram a avó de Júlia para descobrirem a verdade sobre o romance que destruiu o futuro de Wharton Park... E, assim, Júlia é levada de volta no tempo, para o mundo de Olívia e Harry Crawford, um jovem casal separado cruelmente pela Segunda Guerra Mundial, cujo frágil casamento estava destinado a afetar a felicidade de muitas gerações, inclusive da de Júlia.


Resenha:

Atualmente, Romances Históricos estão em alta. Mesmo só se façando dos livros eróticos, esse subgênero vêm ganhando espaço no mundo literário atual.

Leitores, se vocês estão procurando um romance mais denso, com mais detalhes e com muitas (muitas) reviravoltas...Eu indico A Casa das Orquídeas!

O livro fala de duas histórias, a 1° conta a história de júlia que perdeu o marido e o filho em um acidente de carro em Paris, então ela volta para a Inglaterra para viver no Chalé da Família. Lá a irmã a convida para um leilão na mansão Wharton Park onde as duas passaram a infência com o avô cuidando das orquídes nas estufas, sendo que elas tinham perdido a mãe. E nessa mansão vêm a 2° história, depois de Julia encontrar um diário do avô datado do meado do século XX em Singapura. A segunda história é contada pela avó de Julia, outrora empregada da mansão...Olivia vai passar um fim de semana depois de se mudar para Inglaterra e na mansão ela se apaixona pelo filho dos anfitriões Harry, essa história de amor tem como plano de fundo a 2° Guerra Mundial. O livro é grande, porém muito bom...se eu contar mais da história, eu vou saltar spoiler!

O jeito como Lucinda narra a história é surpreendente, e no decorrer da história o leitor vai percebendo que a 1° e a 2° história estão ligadas, são intrínsecas, de um jeito revelador. Surpreendente, inovador...Só peca na caracterização ambiental, ora é boa dá para perceber que houve um estudo pra escrever, outrora sem detalhes.

Livro lindo, me abriu os olhos para esse subgênero que mistura Romance e um fato histórico como plano de fundo, um catalizador para os futuros dos personagens. Indico para todos que querem se apaixonar com uma história SUPER cativante.

P.S. Agora em Novembro, a Novo Conceito irá publicar um novo livro da Lucinda!

4 comentários:

  1. Adorei a resenha e gostei do livro, geralmente não gosto de romances, mas este parece ser bem interessante, já que ele não é só um romance apaixonado e meloso, mas uma busca por uma verdade perdida.

    E já estou seguindo seu blog, se der, segue o meu lá também.
    http://livronasmaos.blogspot.com.br/

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da resenha e do livro tbm.
    Gostei principalmente da segunda parte da história, achei mais interessante e bem detalhada.
    Realmente é um romance muito lindo *-*
    Bjos...

    ResponderExcluir
  3. Estou louca pra ler esse livro, comprei ele faz uns 3 meses e ainda não tive tempo de ler... kkkk

    bjos
    devotedforbooks

    ResponderExcluir